Oriola dois anos


“Esta já é um bocadinho a nossa casa”, afirmou o ALÉU.

“Eu cá gosto muito de aqui estar”, confirmou a RODINHAS.

“E ainda não foram nadar na barragem, senão não queriam sair de cá”, garantiu a Princesa, sublinhando a afirmação com uma bela gargalhada.

“Eu sei que estiveram cá há uma semana, mas depois de vos garantir uma boleia para cá e para lá, achei bem festejarmos o nosso segundo aniversário da instalação em Oriola aqui connosco. Aviso já que o almoço hoje é na sede do Clube Desportivo e Cultural Os Oriolenses”, expliquei eu.

“Mas há lá alguma festa por vossa causa?”, perguntou o OLHA.

“Claro que não! Mas hoje é o último dia do campeonato dos Infantis e vai lá haver um almoço com todos os atletas e pais dos jogadores das duas equipas”.

“Mas isso é muito bonito!”, exclamou o ALÉU. “Juntarem-se todos para festejar um desporto que todos gostam”.

“Claro que sim, mas vocês têm noção que isso não é fácil. Primeiro porque há uma grande diferença entre saber ganhar e saber perder. Depois, quando não conseguimos os nossos resultados, há sempre um culpado que não somos nós. Vão ver que vão gostar muito deste convívio”.

“Mas não nos podemos demorar muito, pois temos que ver os nossos jogos logo à tarde”, esclareceu a RODINHAS.

“Calma miúda, vamos ter tempo para tudo. Os jogos estão escolhidos e mais logo cá estaremos”.

No GPS deste domingo vamos até à beira-mar e uma vila em que as ruas, em vez de nomes, têm números.

Lá encontramos a Associação Académica de Espinho, coletividade que fez 84 anos no início deste ano.

A cidade de Espinho pertence ao distrito de Aveiro, cujo espinhense perdeu 2,3% da população nos últimos dez anos, registando nesta altura 31000 habitantes.

Saindo da Invicta chega lá em meia hora, podendo almoçar ou jantar na Rua 16, onde no número 42 vai encontrar o Restaurante Canastra.

No PALPITE DO TIO de ontem apostei na vitória do Sporting de Tomar (6-4) frente ao Valongo, em sub-19, acertei no vencedor e em um golo no resultado final. Em relação aos marcadores só o Vítor Oliveira me falhou. Então menino? Quase que era o pleno!

Com as férias a aproximarem-se, o PALPITE DO TIO gosta de tratar do bronze, pelo que vai já a banhos.

Já falei com ele, acertámos contas e vamos ter um novo espaço na próxima época.

“Mas que grande brincadeira! Um jogo bem engraçado, toda a gente muito bem-disposta, um almoço à maneira e até parece que a malta se conhecia há anos”, constatou o ALÉU.

“Sabes que aqui é assim. Rapaziada muita animada, onde ninguém dispensa uns pés de dança, com um Apita o Comboio bem animado, que só termina antes do tradicional discurso de agradecimento”, ri-me eu. “Sei que estamos todos bem cansados, vocês vão só amanhã, mas muito cedo, pelo que vamos ser rápidos esta noite. Ontem comecei eu, pelo que hoje vou dar a prioridade à menina. Vamos lá a isso RODINHAS”.

“Obrigado Tio. Hoje calhou-me o derby, pelo que a última entremeada, já comi a correr”, brincou ela. “Eu acreditava que este primeiro jogo das meias seria muito equilibrado. Foi tanto que sessenta minutos não foram suficientes. No desempate dos cinco metro e quarenta tivemos um Gonzalo Romero com uma eficiência a dobrar e o Sporting a arrancar na frente”.

“Boa análise. Vamos ouvir o que o OLHA nos trás”.

“Eu mergulhei na 3ª divisão. Fui espreitar uma partida entre duas equipas históricas da Linha. As equipas B do Oeiras e Paço de Arcos chegaram aos 14 golos, num jogo em que quase todos marcaram. Duas formações que queriam ganhar, mas onde os oeirenses arrancaram na frente e nunca se deixaram ultrapassar”.

“Agora sou eu”, avançou o ALÉU. “Fui ver como está o play-off em Espanha. No Riazor o Liceo deu umas valentes patinadelas para a final. Por lá as meias-finais são à melhor de cinco jogos, pelo que a equipa da Corunha está a um jogo de lutar pelo título, se a rapaziada de Noia estiver pelos ajustes”.

“Boa! Bem, só falto eu. Escolhi um jogo dos mais novos, desta vez de sub-13. Na Mealhada tivemos um resultado pouco vulgar nesta modalidade, um empate. De Braga esteve um André Costa que andou sempre à frente do marcador, mas os casa não tiveram pelos ajustes”.

“Terminaste Tio?”, perguntou a RODINHAS.

“Sim senhor. Estão cansados?”.

“Claro que sim, aqueles comboios a dançar deram-nos cabo das pernas”, brincavam os três.

“Juventude, bom regresso a casa. Não se esqueçam que nas próximas duas semana estou na Nazaré, pelo que voltamos a encontrar-nos no dia 19 de junho”.

Eles saíram a correr para irem dormir.

De madrugada partem de Oriola.

Em termos gastronómicos não estamos muito de acordo, mas no FORA DO RINQUE deste domingo temos uma coisa em comum.

Gostamos muito de hóquei.  

Nome Completo: Rafael Pinto Plácido

Clube atual: GDC Fânzeres

Alcunha (se tiver): Plácido

Idade: 20 anos

Local de Nascimento: Gondomar

Clube estrangeiro futebol: Manchester United

Jogador português futebol: Cristiano Ronaldo

Jogador estrangeiro futebol: N’Golo Kanté

Jogador de outra modalidade, português ou estrangeiro: Edo Bosch

Prato: Francesinha

Sobremesa: Baba de camelo

Bebida: Super Bock

Filme: Saga do Harry Potter

Ator: Neil Patrick Harris

Atriz: Helen McCrory

Série televisiva: How I Met Your Mother

Livro: Não leio muitos livros

Cidade portuguesa: Porto

Cidade estrangeira: Madrid

Animais de estimação: 2 cães e 1 cadela

Jogo de computador/consola: League of Legends e Football Manager

Hobbies: Hóquei e conviver com amigos

Outra modalidade desportiva, se não fosse o hóquei: Futebol

Aquele momento ou jogo, de hóquei, que nunca vais esquecer: Tenho vários, mas vou escolher a minha estreia pelos seniores do Fânzeres contra o Santa Cruz.

No derby de hoje, empurrou a sua equipa para o prolongamento.

Ferran Font (Sporting) fica com O VELHO deste domingo.

Outras Notícias
Até já...
Ver Mais
Aos tombos
Ver Mais
Inadmissível!
Ver Mais
Bué de monitores
Ver Mais
Timor para sempre
Ver Mais
Aveiro à segunda
Ver Mais