Entre as Regiões


“Já estou em pulgas”, gritou o OLHA.

“Calma jovem, o que se passa?”.

“Vai ser a primeira vez que vou ver o Inter-Regiões. Já tem muitos anos esta prova?”.

“Começou em 1986, sendo que até 1994 realizava-se na Páscoa e no Natal. A partir do ano seguinte fixou-se no atual formato, sempre nas férias escolares pascais e no escalão de sub-15, atingindo já a 44ª edição desta competição que reúne todas as Associações de patinagem portuguesas. Este ano vamos estar em Bragança, onde a prova esteve em 2000, regressou dezoito anos depois, devia lá ter estado em 2020, mas o Covid empurrou a prova para este ano”.

“Tio, já percebemos que gostas muito desta prova”, afirmou a RODINHAS. A quantas já assiste?”.

“Gosto sim, porque admiro estes jogos entre jovens. O Pedro Jorge Cabral convidou-me em 2016 para fazer a narração para a HP TV, que se realizou em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos Açores, a primeira vez fora do território continental. Depois dessa estive na Mealhada, Bragança – onde vou regressar – e Vila Franca de Xira”.

“Consta que por lá está sempre muito frio. Convém levar roupa bem quentinha, não?”, quis saber o OLHA.

“Depende. Eu lido melhor com o frio do que com o calor. Para mim, calções de certeza, várias t-shirts, até porque o pavilhão é climatizado”.

“Pelo sim, pelo não, eu vou levar umas roupinhas quentes, até porque eu sou friorenta”, confessou a RODINHAS.

“Só mais uma pergunta antes de distribuirmos as tarefas de hoje. Quem são os habituais vencedores da prova?”, questionou o ALÉU.

“A Associação de Patinagem do Porto (20 vitórias) e a de Lisboa (15) são as grandes dominadoras, ou não fossem as maiores associações portuguesas. Mas o Minho (4), Setúbal (2), Aveiro (2) e Leiria (1) também inscreveram o seu nome no lote de vencedores. Só para encerrar este tema, na última final, no pavilhão José Mário Cerejo, Lisboa venceu (4-2) o Porto”.

“Já estou danadinho que isso comece”, exclamou o OLHA.

“Até eu! Como é habitual ao domingo, cada um escolhe um jogo e fala dele, com mais uma folga para mim. Como vou estar em Alverca, fazemos a nossa reunião de logo por Zoom. Alguma dúvida?”.

“Até logo Tio e bom relato no José Gomes”, gritaram eles em uníssono enquanto saiam a correr pelo corredor. 

O GPS deste domingo está a 300 quilómetros de Lisboa, mais ou menos três horas de viagem.

Tranquilamente chegamos a Lagos, onde vamos encontrar a Tasca Jota onde podem ter uma boa experiência gastronómica.

Hoje apeteceu-me antecipar a refeição antes de falarmos do Roller Lagos Clube de Patinagem, coletividade lacobrigense que merece hoje destaque.

Também já fui muito feliz por aqui, município que nos últimos dez anos cresceu em termos de população 7,9%, contabilizando no final do ano anterior 33500 habitantes.

O PALPITE DO TIO de ontem não correu mal de todo. O Benfica venceu – acertei – mas o Marinhense não conseguiu marcar e o Lamas também não. Já houve palpites melhores!

O próximo PALPITE DO TIO vai ser para um jogo do Nacional de sub-19, entre Paço de Arcos e Benfica – que se joga na 3ª feira – onde avanço com a vitória (2-5) dos encarnados, golos de David Fonseca e Carlos Vão, do lado do PA, Tiago Sanches e Bernardo Ramalho.

Enquanto esperava que eles se reunissem comigo online, descobri uma mensagem que chegou ao meu Messenger.

Alertava-me o meu interlocutor que temos dois jogadores portugueses – João Dias e Bruno Caniceiro – a ajudarem o Villejuif, que está na 2ª divisão gaulesa, a chegar às meias-finais da Taça de França, depois de deixarem pelo caminho duas equipas do primeiro escalão, Nantes e Mérignac, sendo que na final a quatro vão encontrar o Lyon.

Vou ficar atento e a torcer por esta equipa situada numa cidade geminada com Vila Franca de Xira desde 1978.

“Tio, já estou aqui”, lá apareceu num quadradinho a RODINHAS.

“Também já cá estou”, confirmou o ALÉU.

“E eu”, gritou o OLHA.

“Vamos lá começar. Já sabem que eu estou cansado e até um bocadinho rouco, por isso, começa o ALÉU”.

“Antes do jogo que eu escolhi, umas notas sobre duas partidas de ontem. Em Barcelos tivemos surpresa, com o Valongo a impedir os da casa a ficarem ombro a ombro com o FC Porto. Já em França, depois de uma invencibilidade de doze jogos, o Saint Omer foi goleado na casa do Poiré Roller. Tio, procurei saber onde é Poiré – no Dr. Google – mas só me aparece uma bebida alcoólica parecida com a sidra”.

“Essa é boa. Vamos lá ao teu jogo”.

“Tivemos uma boa partida em Sacavém, nesta luta pela subida, com o Sporting “B” a deixar os alentejanos de Sines com a vida mais complicada. O Vasco da Gama chegou a estar na frente, mas a reviravolta chegou já perto do fim”.

“Vamos ao próximo. Agora é a RODINHAS”.

“Dei um pulo ao Pico, onde se realizou o Campeonato Açoriano de sub-15. Infelizmente há poucos atletas e só tivemos duas equipas em competição com o Hóquei Clube PDL a vencer hoje, como já tinha acontecido ontem”.

“Agora sou eu”, afirmou o OLHA. “Um belo jogo feminino em Santa Maria da Feira onde o Benfica teve que suar muito para levar de vencida o Académico local, que teve duas vezes em vantagem, mas a Raquel Santos não permitiu mais do que uma excelente réplica”.

“Muito bem juventude. Durante a semana combinamos como vai ser o próximo fim de semana, mas provavelmente só voltamos a ter Crónica depois do Inter-Regiões”.

“Tchau Tio”.

As três janelinhas fecharam-se num ápice.

No FORA DO RINQUE deste domingo vamos ter magia à mesa com cerveja e um belo bitoque.

Nome Completo: Pedro Henrique Coelho Mendes

Clube atual: Termas Óquei Clube

Alcunha (se tiver): Mágico Dites

Idade: 22 anos

Local de Nascimento: Coimbra

Clube estrangeiro futebol: Manchester United

Jogador português futebol: Cristiano Ronaldo

Jogador estrangeiro futebol: Neymar

Jogador de outra modalidade, português ou estrangeiro: Pedro Gil

Prato: Bitoque

Sobremesa: Natas do Céu

Bebida: Cerveja

Filme: Ressaca

Ator: Brad Pitt

Atriz: Angelina Jolie

Série televisiva: Peaky Blinders

Livro: Cem Anos de Solidão

Cidade portuguesa: Tomar

Cidade estrangeira: Rio de Janeiro

Animais de estimação: Cão

Jogo de computador/consola: FIFA

Hobbies: Noites lúdicas

Outra modalidade desportiva, se não fosse o hóquei: Futebol

Aquele momento ou jogo, de hóquei, que nunca vais esquecer: Subida à 1ª divisão com o Sporting de Tomar.

Ajudou a complicar a vida aos homens da Memória, que ficaram mais longe da subida direta e com o play-off em risco.

Alfredo Pinto (FC Oliveira do Hospital) foi decisivo e fica com o O VELHO deste domingo.

Outras Notícias
Aveiro à segunda
Ver Mais
20 Milhões
Ver Mais
Mãe Trabalhadora
Ver Mais
Diga trinta e três
Ver Mais
48 vs 48
Ver Mais
Cervantes vs Shakespeare
Ver Mais