Braga vence Benfica no jogo em atraso da 17ª Jornada


O HC Braga venceu o Benfica por 3-1 em jogo atrasado da 17ª Jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão com golos de Vítor Hugo, Gonçalo Meira e Pedro Mendes, este último de penalti no último segundo do jogo, e de “Pablito” Álvarez, por parte dos encarnados.

O Braga começou muito bem e marcou aos 4 minutos por intermédio de Vítor Hugo nem desvio à boca da baliza respondendo a propósito a um remate de Gonçalo Meira. O jogo passou de imediato por um período de grande pressão atacante benfiquista na procura do empate que obrigou o Braga a uma ação mais defensiva baseando a resposta em contra-ataques venenosos à baliza de Pedro Henriques, pressão que os bracarenses foram amenizando até conseguir equilibrar o jogo e, inclusivé, responder com mais tempo de ataque organizado. Num destes ataques, aos 19 minutos da 1ª Parte, Gonçalo Meira faz um bloqueio a “Pablito” Álvarez, liberta-se para o interior da área e recebe o passe de “Curro” Fernández sem, no entanto, conseguir dominar a bola que, com pouca força mas alguma sorte, ressalta para Pedro Henriques que, não antecipando o toque, deixou a bola passar por baixo das caneleiras. Até final da 1ª parte Vítor Hugo ainda desperdiçou uma grande penalidade para os bracarenses seguirem para o intervalo com uma vantagem preciosa de 2 bolas a zero.

Na 2ª parte intensificou-se a pressão benfiquista e pensou-se até que seria uma questão de tempo até o Benfica marcar, tal era a dificuldade com que os jogadores do Braga sentiam para fazer a transição defesa-ataque, mas o facto é que a equipa azul ia suportando todas as investidas encarnadas e de forma muito organizada, levava a água ao seu moinho, que é como quem diz, mantinha a vantagem preciosa de 2 bolas à maior. A pressão do Benfica deu finalmente frutos aos 15 minutos da 2ª parte quando “Pablito” Álvarez responde com grande classe e oportunidade a um passe de Lucas Ordoñez para a zona do semi-círculo da baliza de Leonardo Pais que não conseguiu impedir a bola de entrar, tal a velocidade com que Álvarez se deslocou e desviou a trajetória da bola. O Braga, no entanto, não vacilou, continuou a responder com muita concentração, dinamismo e organização aos ataques em catadupa do Benfica e a verdade é que o tempo ia decorrendo e os bracarenses sentiam-se cada vez mais motivados e capazes de suportar o ímpeto encarnado até final… A 54 segundos do final do jogo, Nuno Resende manda sair Pedro Henriques e faz entrar Diogo Rafael na tentativa de conseguir o golo com a ajuda da superioridade numérica mas o “tiro” saiu pela culatra porque a 6 segundos do final, “Edu” Lamas impede a fuga de Gonçalo Meira em direção à baliza deserta e a queda não deixou dúvidas ao árbitro Manuel Fernandes que apontou de imediato para a marca do livre direto e admoestou, de seguida, o espanhol. Vítor Hugo tentou a transformação mas, inteligentemente, com 6 segundos no cronómetro, fez tudo muito pausadamente e, apesar de não ter conseguido marcar, tentou de novo no ressalto e, logo de seguida, “obrigou” Pedro Henriques a uma ação defensiva que bloqueou a progressão do jogador bracarense, de imediato sancionada por Manuel Fernandes com uma grande penalidade transformada no 3-1 por Pedro Mendes.

Em resumo, durante a 2ª parte o Braga jogou sempre com a “espada” sobre a cabeça, em constantes apuros, com o Benfica a ter várias oportunidades para fazer o 2-2 e afinal o jogo acaba com um 3-1 merecido para o Braga mas longe das conjeturas de quem o presenciava, mais próximo do empate do que da vitória por 2 golos de diferença. Hóquei em Patins no seu expoente máximo!

Consulte também a classificação, goleadores e ocorrências clicando no logótipo abaixo:

Outras Notícias
Porto, Sporting e Barcelos carimbam o passaporte para a Semi-Final. Benfica e Valongo vão decidir no 3º jogo
Ver Mais
As fotos da Jornada 2 do Playoff
Ver Mais
Porto, Sporting, Benfica e Barcelos ganham vantagem nos Quartos de Final do Playoff da 1ª Divisão
Ver Mais
PLAYOFF da 1ª Divisão arranca hoje...
Ver Mais
Sporting vence Benfica e confirma no mínimo o 2º lugar
Ver Mais
Barcelos-Oliveirense e Sporting-Benfica podem definir posições finais para o Playoff
Ver Mais