Dúvida melómana


Enquanto aguardava pela chegada deles, via imagens de pessoas a atravessarem fronteiras, muitas crianças, muitas mulheres, que deixam a sua terra para trás, procurando salvar a sua vida.

Uma lágrima corria fininha, quando eles chegaram.

“Bom dia Tio. Estás a chorar?”.

“Não, estou só emocionado. Esta guerra deixa-me muito triste”.

“Também nós estamos preocupados”, confirmou o OLHA.

“Vamos lá relaxar. Expliquem-me lá esse vosso interesse pelo Festival da Canção?”.

“Nós já gostávamos de ver, principalmente desde que ganhámos em Kiev, com o Salvador Sobral”, explicou o ALÉU.

“Bem observado e uma enorme coincidência. Vencemos na Ucrânia, agora tão martirizada. Desculpem a interrupção”.

“Entretanto, lá por casa pedi aos meus Pais para me mostrarem festivais mais antigos. Como queria partilhar com eles, estivemos a ver dois espaços na RTP Play, que passaram a seguir às duas semifinais, que nos deixaram encantados”, afirmou a RODINHAS.

“Foi mesmo isso, uma maravilha, com canções a preto e branco”, confirmou o OLHA.     

“Antes de pegarmos no stique, digam-me lá se gostaram da canção que venceu ontem?”, perguntei eu.

“Acho que não é grande coisa”, avançou a RODINHAS. “Para mim devia ter ganho aquela do moço vestido de branco e com um carrapito”.

“Nada disso. Sem dúvida que a melhor era aquela dos rapazes da pizza, eles mereciam ganhar”, exclamou o OLHA.

“Vocês não percebem nada disto”, irritou-se o ALÉU. “A melhor foi aquela interpretada pela moça marafada, que faz de júri num concurso de televisão”.

“E o Tio, o que é que achou?”, gritaram os três.

“Para mim é fácil. Festival da Canção em Portugal, é para cantar em português. Partindo deste princípio, para mim rumávamos a Turim em Dégrá.Dê. Mas isso agora não interessa nada, pelo como é habitual ao domingo, cada um de nós vai olhar para um jogo”.

A cantarolar a sua canção preferida, lá foram os três em corrida à procura de almoço.

No GPS deste domingo vamos até à beira-mar, para conhecer a Associação Desportiva de Oeiras, o único local onde fui multado, por mau estacionamento, no âmbito da modalidade.

Em cerca de trinta minutos chega lá vindo de Lisboa, o ar do mar abre-lhe o apetite, pelo que pode seguir para Av. Dom João I e sentar-se numa das mesas do Etc&Tal.

Este município da área metropolitana da capital perdeu nos últimos dez anos 0,2% da sua população, tendo no final de 2021 perto de 171800 habitantes.  

Saíram a cantar de manhã, entraram à noite com a mesma cantilena, cada um deles convencido que a sua preferida deveria ter ganho.

“Mas tu ligaste para lá?”, perguntou o OLHA.

“Não, porque o meu Pai não me deixou”, exclamou a RODINHAS.

“Juventude, esse assunto já ficou tratado esta manhã. Vamos lá aos nossos jogos de hoje e vou começar eu, porque estive muito atento aos miúdos apurados para o Nacional. Depois dos que fizeram a festa ontem, hoje juntaram-se a eles, nos velhotes, a ADB Campo e o Alverca, enquanto que do lado dos mais pequenos, conseguiram apuramento o Infante de Sagres, HC Braga, Gulpilhares, Cambra e HC Sintra”.

“Agora é a minha vez, eu que estive em Massamá num jogo da Taça feminina. Mais uma missão complicada das leoas na prova, mas um golo nos últimos segundos do jogo, garantiu a presença nas meias”, explicou o ALÉU.

“Quase que havia um fenómeno no Entroncamento esta tarde”, brincou a RODINHAS. “Mais a sério, um jogo na luta pela liderança da zona C da 3ª divisão que deixou tudo na mesma”.

“A mim cabe-me a responsabilidade de encerrar os nossos jogos de hoje, eu que também estive muito atento à Taça no feminino. Um belo jogo a norte, que garantiu três equipas a sul na final a quatro”, concluiu o OLHA.

“Muito bem juventude. Para a semana há mais”.

“Boa noite Tio”.

Apesar de nenhum deles ter gostado da música, a saudade, saudade, já era trauteada à saída.

Seguiu as pisadas do Pai, conheci-o há uns anos num Inter-Regiões e hoje está no FORA DO RINQUE.

Nome Completo: Francisco Geada Beirante

Clube atual: Sporting Clube Tomar

Alcunha (se tiver): Não tenho

Idade: 18 anos

Local de Nascimento: Abrantes

Clube estrangeiro futebol: Manchester City

Jogador português futebol: Bernardo Silva

Jogador estrangeiro futebol: Pablo Sarabia

Jogador de outra modalidade, português ou estrangeiro: Gonçalo Alves

Prato: Arroz com salsichas

Sobremesa: Pampilho

Bebida: Água

Filme: August Rush – O Som do Coração

Ator: Tom Holland

Atriz: Zendaya

Série televisiva: Prison Break

Livro: Cherub – O recruta

Cidade portuguesa: Tomar

Cidade estrangeira: Cidade deIbiza

Animais de estimação: Cães

Jogo de computador/consola: Não jogo

Hobbies: Ver séries

Outra modalidade desportiva, se não fosse o hóquei: Basquetebol

Aquele momento ou jogo, de hóquei, que nunca vais esquecer: Estreia como sénior pelo clube que me formou como jogador.

Chama-se Inês Vieira, mas no universo do hóquei conhecem-na por Bé.

Um golo marcado nos segundos finais, levou o seu Sporting até ao fim de semana a quatro da Taça de Portugal, merecendo O VELHO de hoje.

Outras Notícias
Bué de monitores
Ver Mais
Timor para sempre
Ver Mais
Aveiro à segunda
Ver Mais
20 Milhões
Ver Mais
Mãe Trabalhadora
Ver Mais
Diga trinta e três
Ver Mais